O equilíbrio é a base da composição de toda fotografia, ela que determina se a foto é agradável, harmoniosa ou se é desconfortável e ruim de olhar. Tome o equilíbrio em seu sentido literal e a analogia das balanças vem à mente.

Se você dividir esta foto ao meio com um eixo no meio, você pode colocar objetos em diferentes partes da cena, fazendo com que a foto pareça equilibrada ou desequilibrada.

Quando uma foto é em grande parte simétrica, é fácil identificar o equilíbrio, mas equilíbrio óbvio demais pode ser um pouco chato.

equilibrio1

Junto com a coloração, temos tamanho e peso visual para equilibrar uma foto, dependendo do posicionamento dos objetos.

Por exemplo, você tem um objeto pequeno e grande, seria impossível equilibrá-los a distâncias iguais do centro da foto. Mas, se você colocar o objeto menor na borda distante da moldura e o objeto maior ligeiramente fora do centro, o equilíbrio fica muito melhor – assim como seria com pesos reais em uma escala.

Se você comparar os pesos visuais dos dois assuntos primários na foto abaixo, você vai ver que, o sujeito que está ligeiramente fora do centro é contrabalançado pela sua sombra menor situada na borda da foto. Ele também usou linhas convergentes e horizontais que ajudam a fornecer uma base sólida para a foto. Isto, por sua vez, proporciona estabilidade e equilíbrio.

Guia completo de composição

É bom ter equilíbrio em algumas fotos, mas, se você quiser tornar suas imagens um pouco mais interessante, a falta de equilíbrio ajuda a atrair a atenção dos telespectadores.

Posicionamento incomum de um único objeto, tensão dinâmica e linhas de liderança única todos ajudam a desequilibrar uma foto, e produzem a sensação de tensão não resolvida, demonstrada na foto abaixo.

paisagem

O equilíbrio é, naturalmente, muito mais do que simplesmente pesar um par de objetos em uma foto; é bem raro ver dois objetos com uma base sólida além da arquitetura, simetria e reflexões. A analogia da balança de pesagem é boa para explicar o básico, mas, quando se trata da maioria da fotografia, o equilíbrio é muito mais complicado e há muito menos regras.

Eu consideraria a imagem abaixo principalmente desequilibrada com o peso visual principal do sujeito à direita do quadro. As linhas verticais trazem uma base sólida e as múltiplas linhas horizontais criam um zig zag de tensão natural. Isso age como um peso para o lado esquerdo da foto, mas não o peso suficiente para fazer com que sinta completamente equilibrado.

 

homem

EQUILIBRADO OU DESEQUILIBRADO?

Se uma foto é equilibrada ou desequilibrada quem vai determinar são os olhos do espectador. Mas, cabe ao fotógrafo decidir como eles querem que o espectador perceba a fotografia.

Para ficar mais fácil, decidir entre equilibrado e desequilibrado é o mesmo que decidir entre tensão e harmonia, cada grau de escolha tem seus diferentes usos. Já olhamos fotos equilibradas, agora vamos dar uma olhada em fotos desequilibradas e seus usos.

Se você está tentando adicionar tensão dinâmica em suas fotos, você vai descobrir imediatamente que a tensão em si atua como uma técnica para desbalancear a foto.

Na foto abaixo, é difícil encontrar o centro de gravidade à medida que a imagem vai para fora da foto em tantas direções contrastantes. O pequeno detalhe no canto superior esquerdo é ainda mais perturbador.

desquilibrio

Você também pode querer desequilibrar uma foto, a fim de direcionar a atenção dos espectadores para uma determinada parte dela. Mas isso deve ser feito com cuidado.

Se você escolher uma posição para o seu assunto que é muito fora do comum, a técnica desequilibrada que você usar torna-se muito óbvia e muito menos eficaz.

Veja na foto abaixo.

Você vai notar que o equilíbrio está inclinado para o lado esquerdo da foto. Isso te leva a perguntar o que está no resto da foto, atraindo seu interesse para o cais e as pessoas na praia.

Essa falta de equilíbrio torna a foto mais interessante e aumenta o tempo que os espectadores passam observando-a.

guitar

Se você fizer o mesmo efeito e exagerar menos objetos possíveis com o uso de uma profundidade de campo rasa, você obterá resultados como na foto abaixo. É difícil dizer se a churrasqueira ou o balanço de pneu é o assunto principal.

Esta técnica de desequilíbrio pode mudar o assunto do óbvio para o aparentemente significante, despertando a curiosidade do espectador, levando-os a querer olhar para algo que eles pensam que não é tão interessante assim.

churasqueira

Por último, você deve considerar o posicionamento de seus indivíduos em termos de altura dentro do quadro. Na foto abaixo, por exemplo, os fogos parecem equilibrar o peso do palco. Mesmo que o palco seja claramente muito mais amplo, o tamanho total dos fogos de artifício e seu posicionamento vertical cria uma força para baixo para o lado esquerdo da imagem.

Diferentes técnicas de composição têm efeitos diferentes sobre o peso visual de objetos em sua cena. E quanto melhor você entender sobre eles, melhor será o seu equilíbrio.

fogos

PRA FINALIZAR

Como fotógrafos, nós passamos grande parte do nosso tempo criando imagens incríveis com o uso de técnicas alternativas de composição que o espectador provavelmente não irá entender. Você pode achar frustrante às vezes, que eles não reconheçam todo o seu trabalho duro, mas isso não é o mais importante.

Saiba que, quanto mais consciente você estiver dos efeitos do equilíbrio em suas fotos, melhor será a sua fotografia, vale a pena pensar sobre como você quer retratar sua imagem antes de pegar sua câmera. O grau de equilíbrio está no centro de cada foto e não pode ser ignorado. Use-o da forma correta e lembre-se que qualquer técnica, quando usado em excesso, vai perder o seu valor.

Compartilhar