Se você costuma pesquisar por imagens na internet, certamente já deve ter encontrado uma série de fotos de ótima qualidade que são exatamente o que você precisa, porém são pagas. O que muitas pessoas não sabem é que vender suas próprias fotos em bancos de imagens é mais simples do que você imagina e, mais do que isso, é uma ótima maneira de conseguir um dinheiro extra ou até mesmo se especializar nessa área.

Essa é uma oportunidade que, infelizmente, muitas vezes as pessoas não têm conhecimento. No Brasil, ainda é pequena a quantidade de fotógrafos que trabalham vendendo suas fotos para banco de imagens como a fotolia, por exemplo.

Por isso, separamos abaixo 5 dicas de como ganhar dinheiro extra vendendo suas fotos na internet. Se você domina as técnicas da fotografia, não deixe de considerar essa oportunidade!

 Como ganhar dinheiro com banco de imagens: 5 dicas

1 – Você não precisa ser um fotógrafo profissional

Mesmo que você não trabalhe com fotografia, mas domine bem as técnicas de captura e edição, você pode colocar suas fotos à venda. No entanto, é necessário ter um portfólio com fotos de alta qualidade, tanto na parte técnica quanto na parte conceitual.

Como os bancos de imagens prezam pela alta qualidade das fotos, muitos deles fazem uma análise das fotografias antes de colocá-las no ar (não deixe de ler regras para envio e comercialização das fotos). Além disso, também se atente à resolução mínima exigida para upload e verifique se a sua fotografia precisa de autorização de terceiros para uso de imagem.

2 – Escolha onde e como você vai vender suas fotos

Os bancos de imagens se diferenciam pelos requisitos técnicos exigidos em relação às fotos. Geralmente o cadastro é gratuito e o pagamento é feito por meio de comissões ao fotógrafo, por cada imagem comprada ou pela remuneração de um valor fixo por venda. Você pode enviar suas fotos para diferentes plataformas, entretanto as imagens que são vendidas com exclusividade para um único site costumam ser melhor remuneradas.

3 – Escolha suas melhores fotos

Sabe aquelas imagens incríveis que você adoraria usar, mas estão cheias de marcas d’água? Então, suas fotografias também devem despertar essa sensação nas pessoas e empresas, de modo que elas queriam pagar para usar a foto que você tirou. Quanto melhor e mais bonita for sua foto, mais caro você pode cobrar por ela.

4 – Você vai se especializar em algum nicho?

Você não precisa fotografar e registrar todo tipo de imagem. Os usuários de bancos de imagens têm necessidades diferentes e conhecê-los a fundo é um ponto muito importante se você quer lucrar alto vendendo suas fotos:

  • Quem vai comprar suas fotos?
  • Onde elas serão usadas?
  • Essas pessoas/empresas fazem parte de um nicho?
  • Quais são as necessidades deste nicho?

Uma boa estratégia é pesquisa pelas tendências – na mídia e na internet como um todo – para ter mais volume de busca. Ou, então, se especializar em nichos pouco concorridos, pois assim você terá o destaque dentro da área que estará se aperfeiçoando.

5 – Que tal começar com a Adobe Stock?

A Adobe Stock é a maior comunidade criativa do mundo. Oferece acesso a designers e empresas a mais de 90 milhões de imagens, gráficos, vídeos, modelos e ativos 3D de alta qualidade. Você pode lucrar alto trabalhando para a Adobe, recebendo comissão por cada foto comprada, e o melhor: tudo dentro de uma plataforma online e sem custos de administração de portfólio. Saiba mais neste post que escrevemos!

Compartilhar