Não tem do que discordar: as lentes (ou objetivas, como também são chamadas) é o que tem de mais importante no seu equipamento fotográfico, são a alma de sua câmera. São elas que orientam a passagem de luz de maneira ordenada a fim de formar a imagem. O diafragma vai controlar a quantidade de luz que passa por ela, o obturador a quantidade de luz que incide no sensor e assim a imagem poderá ser formada de maneiras diferenciadas de acordo com a lente escolhida. Mas como escolher a lente mais adequada para cada momento?

Há diversos tipos de lentes disponíveis, e elas são classificadas de acordo com a distância focal, ou seja, a distância entre o centro ótico da lente e o sensor da câmera, além da abertura do diafragma. Para escolher qual lente vai usar basta saber o que você precisa. Parece simples, né? E é mesmo!

Se você vai fotografar festas de família ou viagens, por exemplo, uma lente normal vai servir bem. Mas se vai fotografar animais selvagens, a teleobjetiva vai ser a melhor escolha, pois vai permitir imagens aproximadas, mesmo que você esteja bem longe do “alvo”.

A seguir, conheça alguns tipos de lentes e suas características para escolher a que mais se adequa aos seus objetivos profissionais.

Lentes Zoom

Possuem distância focal variável. São versáteis e permitem flexibilidade em várias situações, além de proporcionar diferentes alternativas de captação. São indicadas para diversos tipos de trabalho permitindo também que o fotógrafo se movimente menos e não precise trocar a lente com frequência. No entanto são lentes que possuem menos nitidez. Existem, entre elas, as lentes mais claras e as mais escuras de acordo com a abertura do diafragma.

Lente Fixa ou Prime

Possuem distância focal fixa. São lentes que possuem maior abertura do diafragma permitindo a entrada de mais luz. Dessa forma, são lentes que permitem fotografar em baixa luminosidade evitando desfoques causados em situações de trepidação. São comumente utilizadas em trabalhos de estúdio e eventos. Possuem apenas uma distância focal e embora sejam mais leves, claras e tenham maior nitidez precisam de constante movimentação para o enquadramento.

Lente Olho de Peixe

São lentes de 6 a 16 mm e realizam imagens super grande angulares chegando a serem esféricas podendo ter até 180°. Ideais para capturar áreas grandes com mínimo distanciamento. No entanto criam distorções nas bordas com facilidade. O interessante dessa lente é a possibilidade de criar imagens criativas além de ela ser relativamente barata comparada às outras.

Lente Super Grande Angular

São lentes de até 24 mm e ampliam bastante o ângulo de visão do ambiente, portanto, são muito utilizadas em paisagens e fotografias de interiores.

Lente Grande Angulares

Possuem um ângulo aberto e são muito utilizadas para eventos sociais e fotografia urbana mostrando amplamente o ambiente. Um dos efeitos que essa lente produz é a impressão de que os objetos fotografados são menores do que os vemos normalmente produzindo distorções na imagem e na distância, com efeito de curvas. No entanto possuem menos distorção que as Lentes Olho de Peixe. Podem ter até 35 mm.

Lentes Normais

Vão até 75 mm e são bem próximas da visão humana causando pouca distorção. Uma boa lente para quem está começando a fotografar. Bastante utilizadas para retratos. A lente é também mais luminosa com um diafragma mais aberto que a angular, por exemplo, permitindo realizar fotos em situações de pouca luz e com maior velocidade.

Lentes Teleobjetivas

As mais utilizadas na área de moda e beleza para retratos de rosto, esportes e vida selvagem.  Produzem contraste e resolução de cores devido à abertura da lente com precisão e otimização de detalhes da paisagem capturada. Podem ter 120 mm, 200 mm e até 300 mm. Permitem um ângulo fechado no seu ponto de interesse aproximando a imagem.

Lentes Super Teleobjetivas

Com foco regulável e sistema de estabilização, essas lentes possuem de 300 mm ou mais. Muito utilizadas em fotos de animais e esportes a fim de capturar com precisão as imagens de longa distancia.

Comprando as lentes para sua câmera

As lentes produzidas com os melhores materiais são, naturalmente, as que custam bem mais. E esse valor pode chegar a ser bem alto mesmo! Algumas lentes podem custar bem mais que o valor que você pagou na própria câmera.

E a qualidade desses materiais pode ser percebida na qualidade final de cada fotografia, pois quanto melhor for a lente, com mais nitidez e com cores mais reais  ficarão as suas fotografias.

Entretanto, se você não pode investir na lente mais cara do modelo pretendido, não se preocupe. Algumas lentes que não são consideradas as ‘top de linha’ podem fazer ótimas fotografias e durar a vida toda, quando bem cuidadas e manuseadas.

O importante é ficar atento a marcas conhecidas e indicadas por outros profissionais. Dessa forma o valor desembolsado não vai pesar tanto no seu bolso e você vai ter a garantia de que está comprando um material de boa qualidade.
Aproveite essas dicas e escolha a melhor lente para seus objetivos profissionais!

Veja também 12 dicas que um fotógrafo iniciante deve saber 

Compartilhar